"Adoro música. Me sinto feliz ouvindo boas canções. Se estou na merda, ponho Tom Waits, Bob Marley ou alguma coisa assim, e funciona como mágica. Nada se compara com o que você sente quando ouve música que te agrada. É um fenômeno único."
(Jason Newsted)

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Don't Tread On Me


Don't Tread On Me

Liberty or death, what we so proudly hail
Once you provoke her, rattling of her tail
Never begins it, never, but once engaged
Never surrenders, showing the fangs of rage

Don't tread on me

So be it
Threaten no more
To secure peace is to prepare for war
So be it
Settle the score
Touch me again for the words that you will hear evermore

Don't tread on me

Love it or leave it, she with the deadly bite
Quick is the blue tongue, forked as the lighting strike
Shining with brightness, always on surveillance
The eyes, they never close, emblem of vigilance

Don't tread on me

So be it
Threaten no more
To secure peace is to prepare for war
So be it
Settle the score
Touch me again for the words that you will hear evermore

Don't tread on me

So be it
Threaten no more
To secure peace is to prepare for war

Liberty or death, what we so proudly hail
Once you provoke her, rattling
of her tail

So be it
Threaten no more
To secure peace is to prepare for war
So be it
Settle the score
Touch me again for the words that you will hear evermore

Don't tread on me



Não Pise Em Mim

Não pise em mim
Então não pise em mim

Liberdade ou morte, aquilo que aclamamos com orgulho
Assim que você a provoca, ela chacoalha sua cauda
Ela nunca começa, nunca, mas uma vez preparada
Nunca se rende, mostrando as presas da fúria

Então não pise em mim

Então que assim seja, nunca mais ameace
Assegurar a paz é se preparar para a guerra
Então que assim seja, acerte as contas
Toque-me novamente para as palavras que você irá ouvir para sempre...

Não pise em mim

Ame-a ou deixe-a, aquela com a mordida fatal
Rápida é a língua azul, bifurcada como um relâmpago que cai
Brilhando, sempre de vigia
[Os olhos nunca se fecham], emblema da vigília

Então não pise em mim

Então que assim seja, nunca mais ameace
Assegurar a paz é se preparar para a guerra
Então que assim seja, acerte as contas
Toque-me novamente para as palavras que você irá ouvir para sempre...

Não pise em mim

Então que assim seja, nunca mais ameace
Assegurar a paz é se preparar para a guerra

Liberdade ou morte, aquilo que aclamamos com orgulho
Assim que você a provoca, ela chacoalha sua cauda

Então que assim seja, nunca mais ameace
Assegurar a paz é se preparar para a guerra
Então que assim seja, acerte as contas
Toque-me novamente para as palavras que você irá ouvir para sempre...

Não pise em mim


Nenhum comentário:

Postar um comentário